A estrada de Rachel de Queiroz

Rachel de QueirozA escritora cearense Rachel de Queiroz escreveu sobre a importância das estradas para o desenvolvimento de uma determinada região. Vejam o que disse a autora de O quinze, em crônica publicada pela revista Rodovia, em seu nº 290, de 15 de abril de 1971, editada pelo DNER:

“Quando chega a estrada, foge o bandido, cresce o comércio, abre-se a porta da indústria, cria-se o desaguadouro para a agricultura. Atrás da estrada vem a escola, vem o médico, o capital. Onde não tem estrada, o governo não pode chegar; pé de governo, roda de governo exige asfalto. Os pioneiros que abrem o caminho são, na verdade, os batedores do governo; enquanto eles avançam, o governo avança. Sim, governar é fazer estradas”.

Facebook Comments