SESSÃO ESPECIAL NA ALBA VAI DEBATER FIM DO DERBA E SUAS CONSEQUÊNCIAS

Convite

Um ano depois da extinção da autarquia, a Assembleia Legislativa (ALBA) vai discutir, no próximo dia 25, em Sessão Especial às 15 h, no plenário da Casa, a extinção do antigo Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia, o antigo Derba, a situação funcional de seus servidores e as consequências da medida  para a infraestrutura rodoviária do Estado. A sessão foi convocada pelo deputado estadual Hildécio Meireles (PMDB), presidente da Comissão de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo da ALBA.

Ela transcorrerá num  momento em que boa parte da malha rodoviária da Bahia se encontra em condições ruins de trafegabilidade, como demonstrou recentemente um estudo da Confederação Nacional do Transporte (CNT). O levantamento  mostrou  que 55,5% das rodovias da Bahia apresentam algum tipo de deficiência, sendo o estado geral classificado como regular, ruim ou péssimo. Somente 44,5% (3.708 km) tiveram classificação ótimo ou bom. Os pesquisadores percorreram 8.324 km no Estado e, em todo o Brasil, foram mais de 100 mil km avaliados. Na Bahia, estima-se que são necessários R$ 2,95 bilhões de investimentos para a reconstrução, restauração e a manutenção dos trechos de rodovias danificadas.

Responsável pela construção, manutenção e conservação dos quase 20 mil Km de estradas, o Derba foi extinto em 28 de fevereiro de 2015, como parte da reforma administrativa do governador Rui Costa, aprovada na ALBA. Para o lugar dela, foi criada a Superintendência de Infraestrutura de Transportes (SIT), vinculada à Secretaria Estadual de Infraestrutura, que, até agora, pouco mostrou a que veio.

 

Facebook Comments

Comentários no Facebook