ENTRE SILÊNCIO E APLAUSOS, DERBA COMPLETOU 100 ANOS

– Sessão Especial na ALBA homenageou a velha autarquia, extinta há dois anos e meio.

 

Durante a Sessão Especial da Assembleia Legislativa da Bahia, que celebrou, na manhã desta-quinta-feira (dia 31), “O Dia do Rodoviário Baiano e Centenário do Derba”, o público que lotou o plenário e as galerias da Casa observou um minuto de silêncio em memória de todos os servidores falecidos da extinta autarquia. Depois fez uma salva de palmas em homenagem a todos os funcionários vivos.  As homenagens foram pedidas pelo presidente da Asderba/Sindicato, Nilton Borges Ramos. Proposto pelo deputado Hildécio Meireles (PMDB), presidente da Comissão de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo, o ato foi marcado pela saudade do Derba, que foi extinto há dois e meio pela reforma administrativa do governador Rui Costa, e hoje completaria um século.
Depois a Sessão Especial foi  lançado o livro O Derba e os 100 anos do Rodoviarismo Baiano, do jornalista Elieser Cesar, publicação promovida por servidores da antiga autarquia que, em 97 anos e meio de existência, planejou, projetou, construiu, conservou, manteve e recuperou quase 20 mil km da malha rodoviária estadual, além de pontes e viadutos.

“Sob a forma de uma extensa reportagem, o livro fala de homens e estradas. Com fotografias de época, ele mostra a reação dos servidores com a extinção do Derba (misto de tristeza e perplexidade); se reporta ao pioneirismo do rodoviarismo baiano, no final da primeira década do Século 20, com o início da construção da rodovia Feira de Santana-Salvador; conta a expansão das estradas na Bahia ao longo de quase cem anos, e histórias pitorescas da chamada “família derbiana”; transita pelas primeiras estradas do mundo e reúne depoimentos imprescindíveis para se entender a história do Derba e sua a importância para o rodoviarismo na Bahia”, informa Elieser Cesar.

Após o ato na ALBA, a festa prosseguiu com um  churrasco na sede da Associação Assistencial dos Servidores do Derba (Sasderba), no bairro da Pituta em Salvador.

 

Facebook Comments

Comentários no Facebook